Há muito tempo que aqui no blog não davamos uma receita das nossas, simples, mas muito nutritiva! Ora então, em tom de férias para muitos, e com sabor a verão e coisas boas aqui vai a nossa papinha caseira de framboesa. É tão rápida de fazer, … e de comer! Fiz hoje para a pequenota, ao pequeno-almoço, e as duas colheres que sobraram foram mesmo para a mamã também se deliciar!

A base da papinha pode ser feita com qualquer uma das farinhas que temos vindo a sugerir: milho, arroz, kamut, espelta, trigo integral, trigo sarraceno, cevada, … mas hoje optei então pela de arroz, por ser das que tem um sabor mais neutro e que, por isso mesmo, é uma ótima base para as nossas “experiências culinárias”! Também por ser assim, o sabor da framboesa fica mais evidenciado!

Comecei por fazer duas doses de papinha, com 120 ml de água fria, onde dissolvi duas colheres de sopa bem generosas de farinha de arroz! Depois de tudo bem misturado, levei ao lume até engrossar, mexendo várias vezes para não agarrrar! A papinha fica um pouco mais grossa que o habitual, por as colheres de farinha estarem bem cheias, mas o objetivo é mesmo esse. Assim, quando se juntar a framboesa, a papinha não fica com uma consistência líquida de mais.

Depois de feita e colocada na taça, juntei à papa umas colheres de framboesa triturada, que já tinha guardado na altura em que as framboesas do quintal dos meus pais estavam no auge! Assim, posso ir descongelando e usando durante o ano, tanto em néctares como nas papinhas ou noutras sobremesas!

A mistura fica com um toque rosa tão bom, e com uma textura tão aveludada! Que aspeto delicioso! Comeu-se tão rápido que nem tempo deu para a foto! Deixámos arrefecer um pouco antes de comer, pois o calor que se faz sentir é muito e a pequena não gosta das coisas muito quentes, muito menos nesta época do ano!

Agora, imaginação à prova, experiência, … novas farinhas, novas frutas, ,… muitas misturas e muito sabor! Vamos lá?


1 comentário

carlosamaralphotography · 21 de Agosto, 2017 às 23:40

Que escrita tão fluida! Um conselho para ler rápido e fazer ainda mais rápido! É comer ainda mais! Hahaha

Leave a Reply

%d bloggers like this: