Hoje à tarde adormecemos juntas, … só me querias a mim, a dormir a sesta contigo, no sofá de casa da avó. As saudades que eu tinha deste momento, … mesmo que o tenhamos vivido no sábado passado também. Às vezes acho que começo a ter saudades tuas antes mesmo de estar sem ti, ainda na tua presença.

Mas ali fiquei, contigo! Acho que adormeci primeiro, como quase sempre acontece! Mas fui acordando e a dada altura cruzámos olhares. Tu sorrias para mim, davas-me miminhos. Os carinhos que tanto adoro com as tuas mãos pequeninas!

Pouco depois já descansavas, profundamente. Em vez de me vir logo embora, fiquei a ver-te dormir! Oh, quanta gratidão à vida por te ter. Quanto agradeço por seres a melhor companheira de vida e de aventuras.

Agradeço os teus olhos perfeitos, … as tuas pestanas e sobrancelhas tão pequeninas e engraçadas.

Agradeço o teu nariz pequeno e fofinho.

Agradeço os teus lábios ruborizados e doces.

Adoro o teu cabelo louro, com “madeixas” de amor!

Adoro as tuas orelhas tão sublimes, tão tocáveis e sensíveis!

Adoro-te a ti, por completo, adoro mesmo, mesmo, mesmo.

Oh, que bom que é sentir o teu respirar na minha cara… nem quente, nem frio, … na temperatura perfeita.

Tão bom que é olhar até para as tuas pequenas imperfeições, … umas borbulhas pequeninas,… o narizito um pouco cortado pelo frio e pelas ranhocas dos dias que teimem nem ser quentes nem frios, ..

Passo a mão por um pequeno arranhão que tens na cara, na esperança de to sarar ainda mais rápido com o meu toque mágico de mãe. Na verdade, eu é que fui tocada pelo teu toque poderoso de doce fada. Obrigada filha, dizer-te que te amo, todos os dias, nunca será de mais!

Shiu… dorme bem! Estou sempre aqui ao teu lado!

Foto: Twin Detail


0 comentários

Leave a Reply

%d bloggers like this: