Ainda há dias de sol!

Ainda há dias de sol, … e manhãs que nascem como se fosse as únicas que julgamos lembrar. Ainda há momentos de ternura e segundos de magia como se fossem os últimos que vivemos. São intensos, são belos e mágicos, …

Ainda há dias de sol, como aquele, em que o mundo te conheceu, … como o dia em que o meu colo se abriu a ti e o meu peito explodiu de alegria.

Ainda há dias de sol, que marcam e avançam e contam como compassos ternários, dizendo que a vida avança e com ela ficam as memórias.

Ainda há dias de sol, daqueles em que temos a esperança, a maior e mais doce, de o futuro nos trazer as passagens mais felizes e que vão ficar para sempre!

Ainda há dias de sol, como o de hoje, que nem sempre começam com a luz mais brilhante, mas que se abrem aos poucos, como um flor, … e exalam o perfume mais puro.

Ainda há dias de sol, e manhãs como aquela em que te conheci, … em que aquele raio bendito entrou pela janela do nosso quarto, na maternidade. O dia mais feliz das nossas vidas, e que se tem multiplicado por 365 outros dias felizes, a cada ano com que a vida nos brinda.

A ti, minha pequena Eva. A ti, doce mais magnífico com que a vida me poderia ter concedido, … a ti, meu raio de sol, a benção maior. A ti, e a tantos dias de sol que quero viver contigo, com o pai, … todos juntos, em família! A ti, e a todos os dias de sol que a vida me permitir passar contigo! A ti, e a todos os dias de sol que contarei e guardarei para sempre no coração! Obrigada vida! Obrigada! 🙂 Parabéns querida filha, .. três anos de ti, … três anos de amor! Sê feliz, pela vida fora. Será sempre essa a minha maior missão!

Leave a Reply