Quem é mãe como eu, sabe bem o quanto é difícil ter tudo organizado a tempo e a horas: casa limpa, roupa passada, comida na mesa, compras na despensa, … enfim, tudo o que uma casa precisa para funcionar devidamente! Tudo isto conciliado com o trabalho!

Com a Eva aprendi que o meu tempo dá ainda para mais coisas do que aquelas que inicialmente pensava. Desde que ela nasceu, em Julho passado, que cada dia é uma aprendizagem e organização contínua. Assim, aproveito não só os momentos em que ela vai dormindo para tratar de algumas tarefas, como os próprios momentos do dia em que ela está acordada! Tento dedicar-lhe o máximo do meu tempo, mas ela já vai estando crescidinha e ávida de estímulos e coisas novas, objetos que não conhece, sons, cheiros, … tudo serve para a entreter e estimular! Assim, muitas das vezes, a roupa que estendi no estendal de rodinhas, pela manhã, lavada à mão ou à máquina enquanto a pequena dormita, é apanhada pelas duas ao final da tarde, com ela ao colo ou posta no sling de argolas (paixão a que nos rendemos no último mês). Ela adora segurar nas molas ainda no estendal, parecendo que me quer ajudar a retirá-las das peças de roupa. É boa observadora e tenta já comportamentos de imitação, o que é ótimo para o seu desenvolvimento. Segue com o olhar cada peça de roupa que retiro e que coloco no cesto para depois a passar. São as cores, as texturas, … tudo a estimula e incentiva ao toque! As cores as molas já as temos trabalhado também!

Em relação ao cozinhar, já dediquei um texto acerca desta temática aqui no blog. Sim, gosto de cozinhar com a pequena por perto. Não só a sopa como falamos no texto a que me refiro, mas tudo! E assim, num misto de cheiros e cores, ela lá vai ouvindo o nome dos alimentos, tocando nas suas embalagens, cascas, pacotes, … e acima de tudo, o mais importante, está comigo, sente-se segura e acompanhada, e eu não deixo de fazer as minhas tarefas!

Quanto ao passar a ferro, muitas das vezes faço-o com a Eva por perto. Sentada na espreguiçadeira, coloco-a estrategicamente de forma a que possa ver a televisão e alguns desenhos animados e a mim, enquanto estou em frente à tábua de passar. E o que ela adora ver o vapor a sair do ferro! Lá lhe vou falando, vamos conversando as duas, … por vezes digo-lhe as peças de roupa que estou a passar, outras vezes vou comentando com ela o que se passa nos desenhos animados! E assim, as tarefas vão ficando feitas, passo a passo, e o tempo foi totalmente bem empregue, aproveitado ao máximo com a pequenota, dando-lhe miminhos e ensinando-lhe novos termos, conceitos e mostrando-lhe um pouco mais do mundo que nos rodeia, a cada dia!

E entre todos estes momentos, pois claro, não podia faltar um tempo de atenção exclusiva à princesa, um colo e muitos beijinhos! Ela adora ter-me por perto! Gosta de ser parte das tarefas que desenvolvemos, eu e o pai! Fica tão contente quando estamos todos na cozinha! Adora a agitação e o andar de um lado para o outro que fazemos. Então se estiver eu a cozinhar e o pai a lavar louca, ui!!! Todos aqueles sons a deixam com uma vontade imensa de palrar e dá pequenos gritinhos que vamos imitando!

A limpeza da casa é feita muitas vezes à velocidade da luz, entre a Eva no berço e entretida a brincar no ginásio e no tapete de espuma, sempre vigiada de perto! E assim se vai habituando aos cheiros dos detergentes que vão surgindo, ao barulho do aspirador, e às minhas idas e voltas! A segurança de saber que estou sempre por perto e que apareço quase de minuto a minuto deixa-a tranquila e recebo um gratificante sorriso de cada vez que me abeiro dela!

As compras para a casa acabamos por fazer a 3, aproveitando o momento para sair e tirar um pouco a Eva de casa! Outras vezes, aproveito enquanto a filha e o pai descansam um pouco mais ao Domingo de manhã e lá vou eu! Quanto ao trabalho, vou conciliando os horários com o pai da Eva que tem feito um esforço hercúleo em todo este processo! Dir-lhe-ei obrigada todos os dias da minha vida! É ele também quem fica um pouquinho à noite com ela, ao meu lado, no sofá, enquanto eu preparo trabalho e material para as minhas sessões de Terapia da Fala do dia seguinte!

Ter um bebé é tão bom! É fácil conciliar tudo, basta que façam uma boa gestão do tempo e que não deixem de dar atenção aos vossos pequenos tesouros! E aqui, infelizmente, não temos avós nem outros familiares por perto, … é tudo gestão nossa, a três! Com alguma genica e ginástica de tempo, muita dedicação e imaginação, tudo é possível! A rotina não leva muito a instalar-se e tudo corre sobre rodas! E ganhei assim a melhor companheira de tarefas: a minha pequena Eva!

 


4 comentários

carlosamaralphotography · 16 de Fevereiro, 2017 às 14:04

Trabalhadora!

Andreia · 14 de Março, 2017 às 23:25

Compartilho a mesma experiência a minha Lara de 17 meses é quem tira a roupa da maquina para estender e arruma as meias do pai dentro das gavetas!!! Eles adoram brincadeira

    joanaaterapeuta · 15 de Março, 2017 às 1:37

    É tão bom!! Tornam todas as tarefas muito mais leves e divertidas!! E ao mesmo tempo estão a aprender e a interagir connosco!! Um beijinho para si e para a ‘ajudante’ Lara!!! Felicidades!

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de email não será publicado.