Quem me conhece sabe que adoro gatos e sempre fui criada com estes seres abençoados! Desde o primeiro dia em que cheguei a casa, saída da maternidade ao colo dos meus pais, era eu apenas uma recém-nascida, já o gato que eles tinham na altura fez questão de vir dormir um rico soninho comigo! E a paixão perdurou ao longo de todos estes anos e cá se mantém por casa.

Findos são os tempos em que chegaram a ser 17 os gatos em casa dos meus pais, pois aqui em casa, para já, temos apenas um: o companheiro e meigo Trilo (apresentado na foto, tirada pelo Carlos)! Tem 3 anos e é também há esse mesmo tempo que está connosco em casa! É um verdadeiro membro da família, com direito a lugar reservado numa cadeira da cozinha, no sofá e mesmo na nossa cama (sobretudo agora, que as frias noites de Outono já se fazem sentir!).

Já durante a gravidez o Trilo permaneceu o meu fiel amigo e companheiro nos momentos em que estava sozinha em casa. É certo que, por precaução, deleguei no Carlos a tarefa de limpar a liteira, mas a amizade, essa, permaneceu, cada vez mais próxima, cúmplice e estreita. E era já tanto o cuidado que ele tinha com a Eva! Se me deitava um pouco no sofá, o que fazia algumas vezes na pausa de almoço, nem que fosse para uma soneca de 10 ou 15 minutos, lá estava ele à cabeceira do sofá, até que descia para junto de nós! Parecia empenhado em nos proteger e acarinhar! Muitas vezes se deitou em cima da barriga, com o cuidado de quem sabia que ali se guardava o tesouro mais precioso!

Ainda durante a gravidez, e quando já preparávamos o quarto da Eva, após a montagem do berço, o Trilo foi o primeiro a experimentar o colchão, ainda embalado! Era um consolo vê-lo ali a dormitar, horas e horas seguidas, parecendo mesmo ansioso por conhecer quem seria o dono daquela pequena e delicada caminha! Talvez imaginasse que, como o faz connosco, poderia ali ser também companheiro de belas sonecas! A última imagem que guardo na memória, mesmo antes de ir para a maternidade, é a do Trilo, dormindo no berço, já com tudo preparado para receber a Eva, aconchegado numa colcha amarela que tinha sido minha!

Agora, já com a Eva cá por casa, a amizade tem-se intensificado. Já tem um rosto, e o Trilo é um ótimo cuidador da nossa menina. Fica aflito quando a houve chorar. Se por acaso está numa outra divisão da casa e o choro se intensifica, corre para nós e procura a pequena, sempre em alerta! E os belos sonos que dorme connosco? Espera ansiosamente o momento em que vamos para a cama e nos tapamos com a manta, altura em que amamento a Eva! E mesmo quando a amamento sentada no cadeirão lá está ele, hora tentando aninhar-se junto da menina, ora colocando-se atrás da minha cabeça, pedindo mimos!

Para quem tem receio em manter os seus pequenos amigos de 4 patas durante a gravidez e mesmo quando chegam os nossos rebentos, o Trilo é a prova de que tudo isto é saudável! Não tenham medo! Esta é apenas mais uma oportunidade de criar uma relação forte já que estes animais são boas fontes energéticas e colaboram diariamente na manutenção da harmonia do nosso lar. Ter animais é ainda uma ótima forma de educar as nossas crianças para a partilha, para o cuidado ao próximo e para os responsabilizar, de certa forma!

O nosso Trilo é um verdadeiro amigo! É cuidadoso, atencioso… não estranhou em nada a nossa pequena! Ela também já o olha atentamente, já lhe toca e aperta o seu branco, farto e fofo pêlo. Uma nova amizade nasceu há alguns meses, cresce de dia para dia, cada vez mais! Trilo, fica connosco durante muitos e bons anos! Queremos marcar ainda mais esta amizade, descobrir novos laços e brincadeiras contigo e com a Eva! Esperamos ansiosamente todos os momentos que estão para vir, nesta nova, felina e fiel amizade!

 

 


2 comentários

carlosamaralphotography · 28 de Novembro, 2016 às 0:24

Que bela relação! 😀

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de email não será publicado.