O “nosso” colo… o abrigo dos dias!

Ser mãe, ser pai,  não é tarefa fácil, … educar é talvez dos trabalhos mais duros do mundo. O que acarreta mais responsabilidade, mais dedicação, … o que não escolhe nem horas, nem dias, … uma atividade que não carece de contrato, nem de regras pré-definidas. É para a vida, Ler mais…

Deixem-me sujar… deixem-me ser criança!

O nossa título, em forma de máxima pela infância feliz parece quase um velho anúncio de um conhecido detergente de roupa, mas não é! 🙂 É a filosofia maior que deveria reger o nosso papel enquanto pais, enquanto educadores, … enquanto sociedade, no fundo. Se o anúncio é antigo, mais Ler mais…

De bebé… a menina!

Ontem completaste dois aninhos, minha Sininho! Dois anos que passaram num lance rápido e fugidio… nem sei como! Ainda ontem eras o fruto pequenino que em mim crescia e hoje tens quase metade do meu tamanho (verdade seja dita, não é difícil!). Lembro-me de na gravidez ouvir dizer e ler Ler mais…

Uma pequena flor amarela!

Cá por casa, o pai da Eva tem um costume muito bonito e que eu aprecio particularmente desde que namoramos: oferecer-me flores! Não, não me oferece grandes ramos em dias de “festa” ou em dias ditos  “mais especiais”. Oferece-me flores nos nossos “dias especiais”, mesmo que estes sejam apenas dias Ler mais…