Parada Disney: um espetáculo que recordamos para a vida! (Disneyland Paris XII)

No meio das nossas aventuras pela Disney que temos partilhado com vocês, e por entre todas as dicas que vos temos deixado, há mais uma coisa fantástica que não podem perder e que recomendamos a todos os que planeiam esta viagem de sonho. Todos os que aguardam a visita a este mundo mágico sonham em ver o espetáculo final, com o fogo de artifício, mas a Parada Disney também carrega tanto encanto!!!!

IMG_20190519_170313IMG_20190519_170319IMG_20190519_170456

Não estava nos nossos planos assistir a ela no primeiro dia de visita, mas a verdade é que, por voltas das 17:00, começámos a ver ser fechado um perímetro de segurança. Logo percebemos que iria em breve começar um espetáculo. “O” espetáculo! 🙂 17:30, como nos informaram em seguida. E assim, logo na fila da frente, e perante a possibilidade de o ver ali com toda a visibilidade, resolvemos esperar aquela meia hora.

Como já partilhámos com vocês noutros textos, trouxemos sempre comida e bebida connosco: água para todos, para estarmos hidratados, fruta, frutos secos, sandes… e ali mesmo, enquanto esperávamos, e sem perder o nosso lugar, fomo-nos abastecendo com novas energias.

A magia chegou depois, já com muita gente ao redor da praça magnífica. E começaram a surgir as personagens, os carros, … havia brilho e música por todo o lado. Músicas que tão bem conhecemos. Dos mais crescidos aos mas pequenos, todos as cantavam, todos chamavam pelos seus ídolos e personagens do coração.

Vinha o carro do Livro da Selva, da Bela Adormecida, as personagens do Frozen, do Toy Story, do Nemo, a Rapunzel, a carruagem da Cinderela e do seu príncipe, a abertura com a Marry Poppins… príncipes e princesas, … o Pato Donald, o Rei Leão, … de tantos e tantos contos que conhecemos desde a infância. Aquele tempo passa a correr.  E ainda são uns 15 minutos de desfile! E, sem querer, somos invadidos pelas memórias mais doces da nossa infância. Somos percorridos pelos sonhos mais incríveis.

IMG_20190519_175730IMG_20190519_175201IMG_20190519_175049IMG_20190519_175023

Já sabem, planeando a visita ao mundo dos sonhos, em paris, não deixem de reservar o momento para ver a Parada Disney, sem dúvida que o que guardamos na memória tem um aroma magnífico. E não é que só de vos escrever, já sinto uma certa nostalgia, … e tantas saudades!!!!!

 

Alimentação em tempo de férias… na Disney (Disneyland Paris VIII)

É verdade, o tempo passa a correr e já passou mais de um mês desde a nossa viagem à Disneyland Paris. Partilhámos com vocês muitas experiências, muitos locais a visitar, dicas para a escolha do alojamento, para a compra dos bilhetes de avião e para os parques, … mas ficou a promessa de mais partilhas.

O final do ano letivo chegou e, dada a minha profissão como Terapeuta da Fala, tanto houve a fazer, que as restantes partilhas que prometi, vão começar a chegar já hoje! 🙂

Um dos temas acerca do qual mais me têm questionado são as despesas com a alimentação, e sabem que mais? Mais uma que conseguimos contornar da melhor forma. Conseguimos fazer refeições simples, equilibradas e sempre saudáveis. Verdade, poucas vezes comemos pelos parques, pois aí o plafond a ter disponível teria de ser muito superior aos cerca de 850€ e que gastámos em tudo, recordam-se (viagens, bilhetes para os parques, alojamento, transportes em paris, …)?

Durante a nossa estadia fui tirando fotos de muitos dos locais que podem encontrar pelos parques e, assim, quando planearem a vossa visita podem ter já uma ideia. Deixo algumas dessas imagens!

IMG_20190519_132930IMG_20190519_150851IMG_20190519_151023IMG_20190519_153833IMG_20190519_153836IMG_20190520_131901IMG_20190520_131920IMG_20190520_133004IMG_20190520_133010

Aflitos e preocupados? Menus a rondar os 35, 40 € e mais por pessoa? Pois bem, e se vos disser que em compras para os quatro dias apenas gastámos uns cerca de 60 euros, entre pequenos-almoços, almoços, lanches e jantares? E no parque talvez uns 30€, com alguns miminhos e um ou outro lanche que teve mesmo de ser, pois no primeiro dia de visita fomos menos prevenidos? Eramos nós os dois e a pequena Eva, e olhem que ela come muito bem! 🙂

Ora, a base foi mesmo a simplicidade e vontade de cozinhar em casa. Como já partilhámos num outro texto, ficamos num alojamento AirBNB, por isso tínhamos cozinha à disposição. Os pequenos almoços tiveram na base café para mim e para o pai (compramos em pó, como usamos ainda cá por casa, nada de cápsulas!!!). Leite para ele e para a pequena. Pão, queijo, fiambre e doce. Estes também usámos para as sandes dos lanches da tarde e da manhã. A juntar a isto, muita fruta fresquinha e frutos secos. Nada de sumos, nem de snacks doces, nem de bolachas. Já por cá pouco usamos no dia a dia, devido às “carradas” de açúcar que contêm… e acreditem, sentimos todos os dias nas contas do supermercado… e na saúde, sobretudo!

Fizemos sempre sopinha e pratos completos. Legumes também não faltaram para as nossas sandes do almoço. Para a pequena levava sempre um prato mais completo, pois cozinhava a mais no momento do jantar: massinha com carne, leguminosas secas, … felizmente o tempo estava fresquinho e a isso se proporcionou. Água também não faltou, sempre em grande quantidade. Ainda assim, era um peso e uma despesa que, nos parques, poderíamos ter evitado, pois há vários bebedouros por lá! 🙂

IMG_20190519_125542

E assim, a poupança foi imensa, e ainda tivemos a certeza de comer sempre de forma equilibrada e saudável. Mais uma das vantagens do local onde ficámos alojados? Tinhamos supermercado a dois minutos a pé, sempre com pão fresco, legumes deliciosos, e tudo o que precisávamos. Não podia ter sido melhor a escolha!

Como podem ver, esta é mais uma forma de poupar e conseguir férias acessíveis, sem ter de gastar “rios” de dinheiro. Uma ou outra vez fizemos um miminho no parque: um bolo, um croissant, um sumo, … um gelado, … um gofre (lá são ótimos!). Mas, acima de tudo, não nos esquecemos dos princípios de comer bem, saudavelmente e de forma económica. Como vêem, é possível! 🙂

Curiosos ainda sobre mais locais que visitámos? Como foi a fantástica Parada Disney? Como fizemos com os transportes entre o local de alojamento, os parques Disney e na visita a Paris Centro? Como lidámos com as filas de espera e como conseguir o truque do uso do “Fast Pass” ou quais os segredos que esconde o famoso “Mickey Café”? Quais as APP’s que usámos para nos ajudar durante toda a visita? Vimos contar tudo em breve!

Disney Studios: dia 1 (Disneyland Paris IV)

Bom dia a todos os que têm acompanhado esta nossa aventura. Bom dia aos que se juntam hoje a ela. Estamos em Magny-le-Hongre, uma pacata vila, bem pertinho do chamado “Círculo da Disney” de Paris. Uma localidade tranquila, muito acolhedora.

Bem que queria ainda ontem ter vindo partilhar mais novidades e experiências com vocês sobre o primeiro dia na Disney, … mas o cansaço venceu-me! Uma dor de pernas gigante, e com as costas a condizer. Fartámo-nos de andar, e eu muitas das vezes com a pequena ao colo. Estava tão mimocas! Soube tão bem! 🙂 Contudo, é motivo para se dizer: cansados, mas felizes! 🙂

IMG_20190519_133707

O dia não podia ter sido mais cheio, mágico, … com suspirares a cada recanto. Cada personagem, cada pormenor, cada lembrança de infância, … a expressão da Eva… a reação às personagens e locais que ia vendo… Algumas vezes, sobretudo com os vilões e bruxas, julgo que ia sentindo algum medo. Bem que lhe dizíamos que eram apenas pessoas dentro de fatos, para ela não ficar aflita. Mas, sabem que mais? Penso que ela nem pensava nisso! Se nós já estávamos envoltos em magia, ela estava totalmente emersa neste mundo delicioso. Havia momentos em que nem falava, … mas olhar para os seus olhinhos brilhantes, a boca dela a abrir-se mais e mais de espanto, … os suspiros que iam saindo, e os que não saiam, dando apenas lugar a abanares de mão dizendo adeus, ou a abraços mais e mais fortes que nos dava, ao nosso colo… Indescritível!

Mas, vamos a mais algumas pormenores e dicas. Tinham ficado prometidos, e aqui vão!

1- A entrada no parque:

O acesso foi muito rápido e fácil. Não sem antes ser feita toda a verificação de segurança de pessoas e sacos, tal como no aeroporto. Depois, fomos trocar os nossos vouchers que tinhamos pré comprado pelo site Disney e entramos, diretamente. Com apenas uns segundos de fila, muitos sorrisos e expetativas, lá fomos nós.

Ao entrar, e por termos comprado bilhete de dois dias, para os dois parques, optamos por começar pelo parque que visitámos inicialmente: o Disney Studio. Tem menos atrações que o Disneyland Park e, por isso, começamos a visita por ele. A meio da tarde começamos por explorar o segundo.

2- As primeiras atrações

Em breve venho falar-vos de todas as aplicações para telemóvel que temos usado durante a viagem para nos facilitar a vida. Mas foi pela APP da Disney que nos fomos regulando em termos de tempo de acesso a cada uma das diversões, sendo que em cada uma delas esse tempo também se encontra afixado. Na aplicação podemos ver ainda quais os espaços temáticos existentes, os tempos de espera em cada um deles, … e nós começamos por andar no que estava dedicado ao Toy Story. Fomos também no tapete voador, com o Aladino, o Génio e a Jasmim!

Fomos vendo algumas personagens, com as quais era permitido tirar foto mediante reserva, também numa aplicação, mas essa opção não utilizámos. Há tantos locais pelo parque com desenhos, imagens e personagens que, só se quiserem mesmo, mesmo, mesmo, podem escolher essa opção. Existe ainda uma outra opção: o chamado Photo Pass, onde, por cerca de 75€ podem também tirar e recolher no final todas as fotos tiradas. Mas, gostando tanto de fotografia, acabámos por optar por ser nós mesmos os repórteres de serviço. Fica apenas a informação extra, para que, se quiserem, possam ir saber mais.

3- Obras no parque

Contem sempre que, dada a grandiosidade dos espaços, a quantidade de divertimentos existentes e todas as pessoas que passam pelo parque diariamente, se torna necessário fazer alguma manutenção frequente. Para grande pena nossa, o espaço dedicado ao Dumbo (no Parque Disneyland) e ao Peter Pan (no Disney Studios) estão neste momento em manutenção. Mas a verdade é que até aí eles fazem magia pois, ao redor de cada um dos sítios, colocam imagens deliciosas, e aí, mais uma vez, surge a hipótese de foto. Estas informações constam também da aplicação.

4- Comidinha para o dia

Tanto em casa, como para levar para o parque, temos optado, sempre que possível, por comprar e levar o que precisamos. Também sobre este tema vos darei mais novidades em breve, num texto apenas dedicado a estas escolhas mas, para já, deixo as dicas principais: comida caseira para a pequenota,umas sandes bem recheadas para nós, muita fruta e água. São os melhores segredos que possa partilhar com vocês! 🙂 Por lá, os preços vão variando muito, mas a verdade é que não fica barato. E só vos digo, hoje levamos ainda mais umas peças de fruta extra e mais uns snacks de frutos secos. Ao fim da tarde a fome apertou e menus base de 15 euros foram dos preços mais em conta que encontrámos. Snacks com bolachas a cerca de 3€ ou 4€ também vão sempre sendo avistados, mas, sempre que possível, quisemos evitar este tipo de comida.

IMG_20190519_151023

Parece ir carregado desnecessariamente, mas é certo que peças de fruta e sandes não pesam assim tanto, ainda por mais divididas por duas mochilas. E ao longo do dia, o peso vai aliviando! A entrada nos espaços de restauração vale, ainda assim, pela decoração mística e cuidada. Tudo pensado ao pormenor, e uma vez não são vezes, também sabe bem aproveitar. Ah, … as gofres deles são maravilhosas! Fica em cerca de 3,99€ e, por mais uns cêntimos, vêm cobertas com chocolate.

5 – Mais diversão e mais atrações

Uma das atrações que mais nos marcou foi a Casa do Ratattouille… tanto que hoje, se pudessemos e conseguissemos, lá iamos outra vez. Três crianças, autênticas! Para esta atração, com fila por vezes de uma hora e meia, conseguimos um Fast Pass de acesso… sobre eles também vos contarei mais algumas coisas. Vale a pena! Depois, os espetáculos temáticos que vamos encontrando, desta vez sobre os super-herois Marvel, … há para todos os gostos e idades!

Outra das delícias foi a Studio Tram Tour! Absolutamente fantástica! Uma viagem de autocarro “aberto” pela zona de “bastidores” do parque por que vale a pena esperar nas filas. Desde adereços de filmes marcantes como o Pearl Harbor, os 101 Dálmatas…, simulação de sets de gravação … os carros dos filmes, … e uma recreação fantástica com efeitos especiais. Sim, … sem dar conta, somos nós mesmo os personagens, com terra a tremer, fogo, objetos que parece que vão cair sobre nós, .. muita água, … teria um vídeo para vos mostrar, .. mas não o vou fazer, para que possam viver essa mesma experiência! 🙂

Um espetáculo de música vai acontecendo também várias vezes ao dia, com música Jazz. Vale a pena ver, … e a parada Disney? Bem, essa sem palavras!!! Terei mesmo de lhe dedicar um texto, só para ela! 🙂 Merece, acreditem que merece.

5- Vamos para o segundo parque

E terminada a visita ao primeiro parque, seguimos para o “Disney Land Park”. Por ser o maior, quisemos aproveitar o tempo restante para absorver tudo ao máximo. E só vos digo, a entrada é logo por si só maravilhosa. Jardins, água, … tudo tão bem cuidado. Parabéns a quem gere com tanto amor e carinho todo este espaço.

Foi aqui que vimos a “Parada Disney”: correu muito bem pois, mal chegámos, começamos a ver que estavam os seguranças a fechar o perímetro de segurança central. Confirmámos na aplicação e começava dali a meia hora. Então, mesmo de frente para o castelo, ali ficámos em espera, enquanto a Eva comia mais uma frutinha. Foi um vislumbre inesperado e arrebatador quando vimos o mítico castelo por entre todas as pequenas casinhas! 🙂

Depois a magia continuou. Entrámos no castelo, … mais lojas maravilhosas, sobre as quais também falaremos mais em próximas partilhas… vitrais com toda a história da Bela Adormecida, … a Casinha dos Sete Anões e da Branca de Neve…. do Pinóquio…. todas elas atividades em que, por sorte, tivemos pouco mais de cinco minutos de fila, e aproveitámos logo!

O dia terminou com a ida ao Carossel mágico, com cavalinhos… Digno de filme! Viemos para casa cansados mas tão felizes e com tantas memórias para guardar. Em breve contamos como foi o segundo dia pelo Disnelyland Park. Semana feliz!