O “nosso” colo… o abrigo dos dias!

Ser mãe, ser pai,  não é tarefa fácil, … educar é talvez dos trabalhos mais duros do mundo. O que acarreta mais responsabilidade, mais dedicação, … o que não escolhe nem horas, nem dias, … uma atividade que não carece de contrato, nem de regras pré-definidas. É para a vida, Ler mais…

2018… que ano foste tu?

Último dia do ano… não gosto de balanços, prefiro pensar em reflexões, em ensinamentos que ficam, em passados deixados para trás das costas e em desejos renovados. Sou assim, por vezes negativa por fora, mas cheia de coisas boas, pensamentos positivos e sonhos imensos por dentro. À minha maneira, sou Ler mais…

Um Natal de fragmentos…

O Natal deste ano teve um sabor diferente, … um sabor mais amargo, mais frio, mais distante, … foi um Natal como nunca tive nenhum na minha vida e espero que nos próximos anos a diferença seja pela positiva, pois não foi esta a memória que sempre criei do natal, Ler mais…

Dias difíceis e princípios para a vida!

Os últimos dias têm sido difíceis e particularmente assustadores, … basta ligar a televisão, abrir uma qualquer rede social ou olhar para uma banca de jornais, .. o pânico e o pavor do olhar de pessoas em desespero preenche cada página e cada ecrã, … A pequena não parece ficar Ler mais…